(11) 5185-0570

(11) 99907-6292

Av. Arnolfo de Azevedo, 84 - Pacaembú - São Paulo - SP - 01236-0360

Cuidados com a Pele durante o Vôo

O que uma viagem longa de avião faz com a pele e cabelos? Porque eles ficam mais ressecados e com um aspecto não tão saudável? E com as unhas? Porque elas ficam amareladas e o esmalte descasca mais rápido?
Em viagens longas de avião, a pele do rosto, os lábios, cabelos e olhos ressecam bastante, devido à baixa umidade do ar na cabine, que é 10% menor do que a do ambiente. A pressurização também interfere na saúde e nutrição da pele e fâneros. As unhas também ficam mais ressecadas, tornado-se mais frágeis e quebradiças, com isso, o esmalte descasca mais facilmente.
 
O que se deve fazer antes, durante e logo depois de uma viagem longa de avião para manter pele, cabelo e unhas em ordem?
Antes de embarcar usar um hidratante facial com alto poder de emoliência. As peles oleosas, ficam bem com produtos a base de ácido hialurônico, lactato de amônio e uréia; sempre com veículos adequados, como loção, gel-creme etc. Peles secas pedem produtos com alantoína, dimeticone, vitamina E, óleo de semete de uva ou manteiga de Carité. Faça uma pausa no uso de cremes com ácido retinóico e derivados, um a dois antes, pois essas substâncias ressecam a pele. O frio do avião e a secura, prejudicam muito os lábios, que acabam ressecando e descamando, para isso é bom ter sempre lipbalms, ou cremes hidratantes labiais, preferencialmente que contenham dexpantenol - aplicar de 3 em 3 horas nos lábios durante o vôo. Água termal, ajuda na hidratação, e é grande aliada para suavizar as olheiras, principalmente de quem não consegue dormir durante o vôo. É só aplicá-la, em um pedaço de algodão e fazer uma compressa de 5 a 10 minutos, melhor ainda se você puder deixa-la gelada. Para potencializar a hidratação da pele, aplique o hidratante após à aplicação da água termal, com a pele umedecida. As unhas e cutículas também devem ser hidratadas, de preferência com cremes a base de uréia. O esmalte altera a penetração do hidratante, portanto, o ideal é deixá-las sem esmalte e hidratar várias vezes durante o vôo. O uso de colírio tipo lágrima artificial evita o ressecamento ocular.
 
Que produtos você indicaria em uma necessaire básica para levar e usar durante o vôo?
Água termal, creme hidratante apropriado ao seu tipo de pele, hidratantes a base de uréia ou lactato de amônio para mãos, pés e unhas, hidratante labial (dexpantenol) e lubrificante ocular.
 
As vezes, em uma viagem mais longa, em um destino não tão conhecido, as mulheres tem que se virar sozinha com a beleza, pois não estão perto dos seus salões preferidos, das suas dermatos ou de um local familiar para comprar produtos de beleza. Quais são os produtos básicos para pele e cabelo que você indica para a pessoa levar na mala para não passar aperto durante esse tipo de viagem?
 
O ideal é passar por uma avaliação dermatológica, para que o especilista determine quais produtos são fundamentais e mais adequados para cada tipo específico de pele. O uso de produtos inadequados, pode determinar o aparecimento de irritações, alergias, acne e manchas. Um item indispensável em qualquer viagem é o protetor solar, que deve ter veículo adequado ao tipo de pele do paciente e ser sempre re-aplicado, indepentedemente do destino de viagem ser quente ou frio, ensolarado ou nublado. Por exemplo, para peles oleosas os veículos devem ser: géis, loções, géis-creme etc. Dependendo do tipo de pele do paciente e do clima do local, outros produtos poderão ser indicados. Uma análise individual e criteriosa pelo médico dermatologista é o mais prudente e seguro.
 
Alguns produtos de beleza são bem mais baratos no exterior. O que você recomenda para quem vai viajar e deseja comprar alguma coisa desse tipo? Existem produtos básicos que vale a pena comprar sem nenhum tipo de recomendação de um especialista, algo do tipo que toda mulher deve ter? 

Existem excelentes produtos no exterior e muitos dos que são encontrados aqui estão disponíveis por preços mais acessíveis. No entanto, todo e qualquer produto deve ser sempre indicado pelo dermatologista, pois cada tipo de pele apresenta características únicas e o uso de produtos inadequados pode gerar problemas dermatológicos como acne, manchas, vermelhidão e alergias.
 
« Voltar