(11) 5185-0570

(11) 99907-6292

Av. Arnolfo de Azevedo, 84 - Pacaembú - São Paulo - SP - 01236-0360

A Polêmica das Fotos de Antes e Depois

Tem havido uma grande discussão sobre as questões que envolvem a permissão ou não da publicação de fotos de antes e depois nas redes sociais, com uma dicotomização de pontos de vistas dentro da classe médica.
 
Muitos pacientes tem me perguntado porque não posto meus resultados para que vejam o meu trabalho e decidam acerca do procedimento indicado. Tenho minhas razões para não fazê-lo, apesar de respeitar a opinião e o ponto de vista dos colegas que são a favor. Acredito que cada um tem uma forma de ver e nenhuma delas é errada.
 
Meus motivos para não apoiar esse tipo de divulgação são os seguintes: 

1) As fotos podem sofrer interferência de luz, ângulo de enquadramento, fundo e distanciamento da câmera. Esses fatores tem influência significativa nas imagens obtidas.

2) As fotos podem ser manipuladas através de Photoshop e filtros. Existem diversos aplicativos que corrigem defeitos da face, alteram proporções e modificam o aspecto e tonalidade da pele.

3) Não podemos garantir os mesmos resultados para todos os pacientes, ou seja, fazer falsas promessas. Mesmo explicando que o resultado pode ser diferente, a imagem que fica na memória é a da foto vista, criando expectativas que podem não ser reais.  

Existem fatores inerentes ao paciente que interferem nos efeitos dos tratamentos, entre eles, faixa etária, características anatômicas, alimentação, estilo de vida, tipo de pele etc. Uma mesma técnica, aparelho, parâmetros e/ou produtos, podem determinar resultados completamente diferentes em indivíduos distintos. Ou seja, resultados não são reprodutíveis quando lidamos com seres humanos.

4) Estamos proibidos pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), através das determinações atualmente vigentes no Código de Ética Médica, de fazer esse tipo de divulgação, sob risco de infração ética e penalização, mesmo com autorização prévia do paciente exposto. De acordo com as regras, não podemos tratar a medicina como comércio em meios de comunicação.

Nas fotos, duas colegas dermatologistas (@francielebianchi_dermato e @dra.virginiaamaral) fizeram fotos de si mesmas com ângulo, distanciamento e iluminação diferentes. Não foi feito absolutamente nenhum procedimento ou tratamento de imagens e as fotos foram tiradas no mesmo dia.
Imagens dizem mais do que palavras!!
 
Obs: O propósito principal desse post não é mostrar minha opinião pessoal, nem tampouco criticar colegas, mas sim alertar para os riscos da divulgação sem ética dos resultados dos procedimentos estéticos.
 
Escolha o profissional que cuida da sua beleza com critério e cuidado, creditando a boa formação, seriedade e compromisso. Preze pela sua saúde e pela vida.
 
« Voltar